Como o neuromarketing está se expandindo no varejo

O varejo vive momentos de crise. Mas, além disso, existe uma concorrência feroz que não está para brincadeira. Então é necessário não apenas chamar atenção do consumidor, mas também manter o interesse dele no produto, para, assim, existir alguma possibilidade de conversão. Sabendo disso, o mercado prova que não está esperando os seus clientes. Ele vai atrás dele. Uma das armas, nada mais é que a ciência, ou melhor, a neurociência.

Se pesquisas de mercado podem soar trabalhosas e caras, a ciência traz praticidade e uma melhor eficiência. Um bom exemplo disso, é uma matéria publicada em meados de 2015, pela Exame.

A reportagem destaca a Forebrain, uma empresa fundada por dois neurocientistas cariocas, Billy Nascimento, de 32 anos, e Ana Souza, de 34. O foco da empresa é fazer pesquisas de marketing usando técnicas da neurociência.

Baseando-se na análise da reação espontânea das pessoas diante os produto e peças publicitárias, a Forebrain analisa as imagens do cérebro em momentos específicos, quando a mente é estimulada a comprar algo.

A ideia dos empreendedores é usar os conhecimentos científicos para obter uma análise mais precisa da reação espontânea das pessoas aos produtos e às propagandas. Esse método consegue levar detalhes não se consegue captar em pesquisas tradicionais, como a eficiência de embalagens e slogans.

Tecnologia para atrair a atenção e informar

Uma das formas mais eficazes de conquistar a atenção do consumidor e ainda mostrar características dos produtos e marcas, é apostar em tecnologia. O Ponto de venda, com sua infinidade de produtos e embalagens pode acabar escondendo alguns produtos que, certamente, cairiam no gosto do público caso tivessem mais visibilidade.

O Advertising Display, por exemplo, é ideal para conquistar o consumidor na hora certa. Ele apresenta um mecanismo que é aciona o aparelho apenas quando o consumidor está próximo ao produto. Além disso, o cliente terá acesso a tudo sobre o produto, diretamente no local de exposição. Confira mais informações sobre essa inovação aqui.

Com informações: Exame.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.