Confira algumas ideias que estão sendo postas em prática para desvendar o consumidor

O varejo tem sido tragado pela Era da tecnologia e informação. Obrigado a se adaptar ao novo perfil do consumidor, o PDV (Ponto de Venda) vem investindo pesado em novas tecnologias, estratégias e informação para ampliar sua ação de marketing e suas vendas. Cada vez mais, empresas consagradas no mercado estão buscando em feiras internacionais e nacionais, mecanismos que ofereçam dinamismo e novas formas de aperfeiçoar o serviço oferecido ou de pesquisas.

Um exemplo de como tem crescido o interesse sobre o “novo varejo”, vem com os números do National Retail Federation (NRF), que acontece em Nova Iorque todo início de ano. O evento que reuniu cerca de 200 representantes do varejo brasileiro em 2014, acumulou mais de 2 mil neste ano, sendo a maioria de médio e pequeno portes.

Mesmo que muitas dessas feiras sirvam como um vislumbre do futuro, algumas empresas estão buscando ações para o presente. Confira algumas estratégias adotadas e também oferecidas no setor:

TNG: A empresa de confecção está instalando em oito de seus pontos de venda, espalhados pelo Brasil, monitores que vão transmitir imagens dos desfiles da TNG e produtos da marca. Em breve, vão começar a usar um software que faz a contagem de pessoas que entram na loja e analisa quantas delas se converteram em vendas.

IBM: Em parceria com a Apple, o gigante de tecnologia está trabalhando em uma série de aplicativos que pretendem apoiar as empresas a se relacionarem com os clientes de uma forma móvel. Um deles é o Sales Assist, um assistente de vendas que oferece aos comerciantes informações sobre os compradores, que podem ser consultados por meio de um tablet. Além disso, o vendedor consegue captar o perfil de cada pessoa, acessar o estoque em tempo real e encontrar produtos mais relevantes. Até mesmo saber se o cliente gosta de ter assistência ou não será possível mensurar (baseando-se em experiências anteriores do cliente).

Macy’s: A loja de departamento americana está utilizando o RFID em suas lojas. Essa tecnolgia tem sido apontada como uma das mais importantes dos últimos tempos. A partir de tags inteligentes colocadas nos produtos, fabricantes e varejistas podem ter um maior controle sobre o seu estoque. A ferramenta funciona quando um leitor inteligente consegue captar o produto com uma boa distância, dessa forma, o tempo de atendimento é melhorado e informações adicionais são mostradas, além do preço.

Outras soluções já estão no mercado e podem ser adquiridas com muita facilidade. É o caso das plataformas interativas da Tivi, que propiciam mais dinamismo na apresentação de produtos e marcas. A eficiência é comprovada e com a modernização do varejo, a tecnologia de Displays, por exemplo, é um dos mais procurados. Confira mais novidades aqui.

Com informações: Jornal do Comércio, Tivi, Exame, O Negócio do Varejo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.