Como as inovações são importantes para a renovação do comércio

Se olharmos o comércio do varejo de 60 anos atrás até os dias de hoje, vamos perceber uma evolução gradual não apenas dos produtos ou do consumidor, mas também do próprio varejo. A evolução tecnológica permitiu que os pontos de venda se renovassem, se reorganizassem e, assim, pudessem evoluir.

Hoje, além de oferecer produtos inovadores, o varejo se tornou símbolo de um mercado cheio de inovações. Não importa se é na logística, na forma de pagamento ou no marketing dentro da loja, o varejo está sempre em movimento e segue buscando as novas tendências ano após ano. Tudo isso com apenas um foco: ampliar a experiência do consumidor.

Um exemplo dessa evolução, que tem deixado o serviço e a satisfação do cliente ainda melhores, é o código de barras. Criado a 60 anos, o modelo quando surgiu, dividiu opiniões. Muitos empresários estavam céticos e hesitaram em adotá-lo com medo da eficiência ser inferior que um funcionário colocando preço de forma manual. Foram necessários 20 anos, para os varejistas acabarem dando uma chance para o código de barras. Assim, a primeira loja que o utilizou foi em 1974, nos Estado Unidos.

É impressionante como, nos dias de hoje, ainda existem varejistas que preferem abrir mão de inovações para focar em métodos antiquados na intenção de atrair o consumidor. Perdem a chance de se fortalecerem, fortalecer a marca e acabam presos no tempo, achando que o mercado sempre o estará esperando. Não seguir as tendências do mercado é, basicamente, escolher uma máquina de escrever do que um computador para transcrever um texto. Os dois vão cumprir a sua finalidade, mas qual é o mais rápido e eficaz? O que oferece mais ferramentas de edição de texto?

Tecnologia e eficiência despertam o consumidor

O uso de marketing digital é a última aposta do varejo para atrair a atenção dos consumidores, oferecendo informação e dinamismo. Dessa forma, o cliente pode se interessar pelo produto ao saber de sua qualidade, valor, entre outras características. A conversão é quase certa!

Uma boa ferramenta é o Shelf Display (Display Digital para PDV). Trata-se de um display digital ideal para o ponto de vendas graças à sua praticidade e interatividade. Roda até cinco conteúdos diferentes possui dois modos de operação, vem com diferentes tipos de suporte, frente estilizável, botões luminosos e poder para gerar resultados comprovados. Saiba mais informações AQUI.

Com informações: PEGN, Exame, Tivi.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.